Economia
2 anos atrás

Como ter crédito na praça, financiamento e empréstimo pessoal

Como ter crédito na praça, financiamento e empréstimo pessoal

Ter crédito na praça é um grande facilitador para compra de bens de alto valor como imóveis, carros e motos. Com o nome limpo você deixa sua vida financeira equilibrada, eficiente e consegue realizar seus sonhos e da sua família.

Bancos e financeiras oferecem diversas modalidades de crédito, financiamento e empréstimo. Antes de optar por qualquer serviço você deve planejar considerando os juros, pois as parcelas de veículos e imóveis vão acompanhá-lo por alguns anos da sua vida. Comece fazendo uma simulação do pagamento: nos sites da Caixa e BV Financeira você encontra simuladores muito fáceis de usar.

Conheça mais sobre os produtos oferecidos pelos bancos e financeiras:

Crédito Pessoal

Mais indicado para renegociação de dívidas, você pode aumentar os prazos e oferecer alguma garantia para reduzir o valor das parcelas. Na Caixa e na BV Financeira o limite é pré-aprovado. Normalmente os pagamentos são debitados na conta-corrente e os atrasos estão sujeitos a juros de 1% ao mês e multa de 2%. Para pagamentos parcelados, as prestações são iguais e mensais e você pode pagar antecipadamente, negociando o valor com o gerente.

Benefícios

  • Flexibilidade dos prazos e taxas de juros: prazos menores têm taxas de juros mais baixas.
  • Bom histórico financeiro e o oferecimento de garantias reduzem a taxa de juros.
  • Financeiras oferecem crédito “rápido e fácil”. Porém, cobram taxas acima do cheque especial.
  • Cuidados
  • Leia o contrato antes de assinar, fique atento ao “crédito rápido e fácil” das financeiras.
  • Pesquise as taxas e pergunte sobre as opções de redução das taxas.
  • Informe-se sobre as tarifas cobradas.

Empréstimo Consignado

Se você tem mais de 6 meses de registro em carteira pode ter empréstimos com juros bem mais baixos do que o cheque especial. Verifique se o RH da sua empresa oferece esse benefício: os descontos são na folha de pagamento e é possível negociar diretamente com o banco ou financeira ou por meio da empresa ou do sindicato.

O empréstimo consignado é muito utilizado por funcionários públicos, aposentados e pensionistas.

Benefícios

  • Ótima opção para quem está pendurado no cheque especial, com juros menores e prazos maiores.
  • As prestações são iguais, mensais e pré-fixadas sendo que o valor máximo é de até 30% do salário liquido.
  • Não há prazos máximos ou mínimos: normalmente variam entre 6 e 36 meses para pagar.
  • Os juros são negociáveis, em geral entre 1,5% e 3,5% ao mês.
  • É acessível a pessoas com restrições cadastrais, ou seja, com o nome sujo na praça.
  • Cuidados
  • Leia o contrato antes de assinar.
  • Cuidado com o “crédito rápido e fácil”.
  • Pesquise taxas de juros.
  • Lembre-se que no mês seguinte haverá a dedução da parcela no seu salário.
  • Analise se a dívida não comprometerá seu orçamento familiar.

Financiamento imobiliário

O financiamento é diferente de um empréstimo porque está relacionado à compra de um bem ou serviço. Para obtê-lo você precisa ter nome limpo na praça e enviar alguns documentos, pois o crédito é sujeito à aprovação. É contrato junto aos bancos, consulte o seu gerente.

Benefícios

  • Crédito rápido e sem burocracia.
  • Você escolhe o prazo para pagamento e as taxas de juros variam de acordo com cada banco: pesquise e encontre a melhor opção.
  • Você pode realizar amortizações ou quitar seu financiamento quando quiser.
  • É possível resgatar o FGTS.
  • Cuidados
  • Planeje com antecedência: as prestações de um imóvel vão acompanha-lo durante muitos anos da sua vida. Não tome decisões precipitadas.
  • Não comprometa seu orçamento: especialistas recomendam que não ultrapasse 30% da renda líquida.
  • Diminua o valor do financiamento: dê a maior entrada possível e escolha o prazo mais curto para pagar o empréstimo.
  • Conheça os sistemas de amortização de juros: na Caixa, as parcelas são pagas pelo Sistema de Amortização Constante (SAC) em que o saldo devedor é reembolsado em valores iguais com valor decrescente das prestações.

Financiamento de veículos

É uma operação de crédito direto ao consumidor, com planos que podem chegar até 60 meses para pagamento. Neste financiamento, em que há incidência de IOF (imposto sobre operações financeiras), o veículo é dado como garantia e fica registrado em nome do banco até o término do contrato.

Benefícios

  • É possível dar uma entrada pequena ou, se seu cadastro financeiro for bom, nem dar entrada para obter o bem.
  • As prestações são fixas e você sabe o quanto vai pagar.
  • Na quitação, os juros restantes são descontados proporcionalmente.
  • O veículo fica disponível na hora.
  • Cuidados
  • Atenção com o prazo: veículos perdem o valor com o tempo. Assim, se você estabelecer um prazo muito longo, na quitação do contrato, o carro pode estar valendo menos que o saldo a pagar.
  • Lembre-se que quanto maior o prazo maior a incidência dos juros: o valor total pode ser maior do que o de um carro novo.
  • Exija que todas as tarifas sejam demonstradas claramente.

Conheça mais o Felizen

O Felizen é um blog que traz dicas para enriquecer a vida dos usuários, muito além da notícia, conteúdo útil para a vida toda, a todo momento... Leia Mais